Extorquida por um flanelinha – Crime contra o cidadão de bem

Bom dia caros leitores.

Gostaria de compartilhar hoje um apelo e uma indignação. Hoje em dia, com salários horríveis e todos os preços de tudo pela hora da morte ter um carro já não é fácil. Carro nas nossas cidades cujo transporte coletivo é um fracasso deixa de ser luxo e se torna uma necessidade que não serve só a nós proprietários do veiculo, mas também aos amigos/colegas de trabalho que ainda não tiveram condições de sair da dependência de transporte publico e que por vezes pedem uma carona para ir e voltar do trabalho. Situação agravada pelas greves dos transportes públicos que explodem por todo país – Goiânia, São Paulo e outras localidades.

Assim sendo considero extremamente absurdo que um individuo venha – do oco do mundo – me cobrar por eu estacionar na rua, na via publica. Se a rua é publica que direito qualquer pessoa tem de cobrar por eu ou qualquer cidadão estacionar? O pior de tudo é que estas pessoas que se intitulam “Flanelinhas” ou “guardadores de carros” nos intimidam com ameaças, nem sempre veladas, de danos ao nosso veículo – que já foi tão difícil adquirir.

O que eu não entendo é porque o poder publico não toma uma providencia contra esta extorsão que viola o direito constitucional de ir e vir do cidadão de bem.

Ontem eu vi este abuso chegar ao seu limite. Uma senhora estacionou o carro na calçada da casa da mãe e após um breve período de estadia um “flanelinha” a acuou junto a porta do carro e exigiu 15 reais por ter vigiado o carro. Com medo de uma agressão física a mulher pagou.

Este fato está longe de ser isolado. Algumas semanas atrás estive no “Saccaria” em Goiânia – um bar e restaurante que tem estacionamento próprio. Bom, estacionei meu carro dentro do estacionamento que é ao lado do restaurante e ao descer eu e meus amigos fomos seguidos por um senhor de aproximadamente uns 50 anos que nos acuou na entrada do restaurante querendo cobrar para vigiar o carro dentro do estacionamento. Ele só não fez nada contra nós porque o próprio garçom do estabelecimento o expulsou.

Semana passada no setor oeste, em frente a Feira da Lua em Goiânia um rapaz de aproximadamente 20 anos acuou eu a amiga que me dava carona para cobrar 20 reais por deixarmos o carro na via publica.

Ser flanelinha não é trabalho, é extorquir um cidadão de bem. Se a via é publica nenhum cidadão tem o direito de cobrar por estacionarmos nos lugares permitidos por lei. É hora das prefeituras tomarem um providencia porque muitas dessas pessoas são perigosas e não aceitam ouvir não.

Se você também se sente violado por estas situações também demonstre esta indignação. Denuncie, O ministério publico diz que a única forma de acabar com este crime é denunciar. É chamar a policia. Muitas pessoas dizem que é muito pouco para chamar a policia, que há crimes mais graves, mas nós mulheres que somos encurraladas a noite não sabemos se esses homens são estupradores, não sabemos se vamos ser agredidas se dissermos não. Muitas dessas pessoas que dizem estar garantindo a segurança dos nossos carros na rua podem fazer parte dos mesmos grupos de bandidos que vigiam rotina de cidadãos de bem para saber o melhor horário para assaltar a sua casa ou levar seu carro. – Nem sempre que suja as mãos com o crime é quem planejou. E segurança publica é obrigação da policia. Esses supostos guarda carros não erguem uma única mão para defender alguém de um assalto. Eles apenas ganham o nosso dinheiro ficando sentados da calçada se fazer absolutamente nada enquanto nós nos matamos em jornadas de trabalho de 8 a 12 horas diárias para pagar as contas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s