Gostaria de deixar aqui expresso o fato de que não vou me vestir com as cores da seleção este mês e não pretendo acompanhar os jogos.

Primeiro por convicção, não sou hipócrita de ter me posicionado politicamente e economicamente contra este mal uso do dinheiro publico para depois vestir um sorriso amarelo e agitar a bandeira. Não quero ser conivente com o abuso de poder e com o fato de nossa elite politica usar o esporte para manipular a opinião publica e desviar a atenção dos nossos problemas que começam com os juros altíssimos que comem o consumidor pela perna. Pela inflação que cresce a olhos vistos. O povo brasileiro não esteve tão sem dinheiro e endividado em mais de 10 anos. Ou seja, nossa economia esta entrando em colapso e não querem que vejamos isso.

A infra estrutura superfaturada não melhorou a qualidade de vida das pessoas que vivem nas cidades que sediaram os jogos. Temos denuncias de limpeza nas ruas e não limpeza no bom sentido, mas do desaparecimento de menores e moradores de rua. – Sabemos muito bem onde isso vai dar.

Se almejamos mais qualidade de vida em todos os sentidos devemos começar nos posicionando seriamente contra o que achamos errado e procurando ser mais solidários com o problema dos nossos semelhantes. Nós podemos não ver problema em assistir o jogo com a bunda sentada em um sofá ou num bar qualquer, mas pessoas foram usadas, prejudicadas e mesmo erradicadas para que as cidades cede tivessem uma aparência mais “limpa” e sem mendicância. Caramba, mendigos são provas da nossa desigualdade social e eles não somem. Crianças de rua são um problema crônico, elas não desaparecem no ar porque se tivessem para onde ir não estariam cheirando cola e roubando.

Claro que sou a favor que estas pessoas sejam tiradas das ruas, mas isso não acontece do dia para a noite e depende de programas sociais, de encontrar as famílias destas pessoas e responsabilizar estas famílias. Envolve o combate a pobreza material e a pobreza de espirito. Ou seja, se estas pessoas somem do dia para a noite não foi porque algo bom aconteceu com elas.

 

Anúncios