TAG: Amo&Odeio

Criada pela Karla, autora do Blog Cherry Cookie, a TAG: Amo/Odeio tem como objetivo mostra 10 coisas que a blogueira(o) ama e odeia. O Essencia Pink me indicou, e eu adorei. Gostaria muito de ter respondido antes, mas como mudei de trabalho e estou – de novo trabalhando no meu eterno romance inacabado – demorou um pouco para eu parar e escrever. Eu não poderia apenas responder por responder, quero ser sempre sincera com minhas opiniões – mesmo que possam mudar no decorrer do tempo. Afinal nada é estático no mundo.

amorfamiliaamigosnamoradocoisasboastagamoodeioblogessenciapink

  • Quais são as regras? 
  1.   Falar sobre as 10 coisas que você ama e odeia;
  2.   Indicar 10 blogs para responderem a Tag;
  3.   Usar a imagem correspondente a Tag;
  4.   Colocar o link do blog que deu origem a Tag;
  5.   Colocar o link de quem te indicou.
  • Amor em 10 tópicos:

Não vou colocar Deus ou família porque estas coisas estão além de qualquer enumeração. Deus é meu alicerce, o norte que orienta as decisões mais difíceis e a Família no sentido material e espiritual são as pessoas mais importantes da minha vida. 

Entre as coisas que posso mensurar e quantificar estão.

1. Escrever: – Tenho compulsão por escrever. Amo poesia e gostaria muito que minhas palavras fossem intensas suficiente para tocar os corações das pessoas. Gostaria que minhas histórias fascinassem e ao mesmo tempo trouxessem algo bom para quem as ler. Escrever é uma necessidade tão grande que as vezes chega a doer. Quando estou inspirada é meio como estar apaixonada, as palavras brotam com uma sensação de nó na garganta e ver a frase tomar forma carrega um prazer luminoso como ser beijada. Um personagem ganhar vida e personalidade – mesmo que diversa da que eu esperava inicialmente é inquietantemente prazeroso. Gostaria que algum dia meus personagem saíssem da escuridão dos meus guardados e ganhassem a imaginação das pessoas.

2.  Estar com os amigos – Sou meio bicho da toca. Gosto de estar só para ler e escrever, mas amo os momentos com meus amigos. Como sou meio desligada posso dizer que não tenho muitos amigos, mas os que tenho são incrivelmente especiais para mim.

3. Luly, Elô e Joe – Minhas pessoinhas caninas. São lindos, fofos, sapecas e terríveis. Até ano passado havia a Sophia que foi roubada. Ainda sinto falta dela.

4. O Mar – Existe um fascínio pelo mar que me deixa com cara de idiota sempre que me pego olhando para ele. Não viajo muito para o litoral, mas quando tenho uma oportunidade fico imensamente feliz.  Estranhamente detesto areia, mas a tolero só pelo prazer de poder sentir as ondas.

5. Cinema/Livros –  Quer me deixar feliz, me chame para ver um filme ou me dê um livro.

6. Viajar – Meu projeto para este ano era viajar mais. Só consegui viajar no Carnaval para o Rio de Janeiro apesar dos outros feriados que já vieram, mas ainda tem muito ano pela frente e outros feriados

7. Trabalhar – Sério eu gosto de trabalhar. Gosto de sair de casa todos os dias e saber que estou produzindo algo. Como tenho certa tendência a inércia algumas pessoas pensam que sou preguiçosa. O fato é que minha cabeça não para, mesmo quando não estou fazendo nada, e pareço estar só parada olhando para lugar nenhum, estou pensando no livro que li, no personagem tal ou nas ramificações da história que estou escrevendo.  Adoro estar ocupada no meu trabalho, que atualmente tem muito de atendimento ao publico e mais ainda a sensação de missão cumprida. Não me importo com volume de papel, quantidade de atendimentos… desde que esteja ao meu alcance quero sempre fazer o melhor embora as vezes meta os pés pelas mãos

8. Música – Tem o poder de deixar a gente em êxtase. Gosto de quase todos os estilos, mas não compraria um cd de sertanejo ou pagode para mim, embora aproveite quando estou com amigos num bar ou numa festa. Prefiro alguns tipos de Rock, pop, e clássico.

9. Fotografria – Adoro fotografar, em especial paisagens Um lindo por do sol, o mar o cerrado, uma borboleta. Não tenho curso de fotografia, nem uma câmera decente – só uma nikon básica. Mas sinto que o mundo se transforma por trás de uma lente. É quase como tentar tocar a poesia em si.  Admiro muito quem tem verdadeira sensibilidade para captar o que nossos olhos deixam escapar.

10. Estar apaixonada – É um sentimento que experimentei poucas vezes na minha vida. Acho que sou um pouco difícil de agradar. Gosto do sexo oposto, mas não me sinto atraída facilmente. Pode se que eu tinha algum parafuso solto, ou me falte algo que sobra em outras mulheres. O fato é que posso contar nos dedos de uma mão e sobram dedos as vezes que eu coração realmente sentiu algo assim e – claro não acabou bem para mim, afinal no fim a outra parte não chegou a gostar do mesmo modo.

  • Ódio em 10 tópicos:

1. Mentiras – dizer que nunca menti seria ser completamente hipócrita. Mentimos para nos afirmar, nos defender, para proteger alguém. Mas mentiras nunca acabam bem.

2. Ser pressionada – No meu trabalho beleza. Mas na minha vida pessoal nem pensar. Odeio ser pressionada por mim mesma ou pelos outros. Me sufoca.

3. Falsidade – Ser educada e respeitosa com aquela pessoa que te odeia é no mínimo ético. Mas fingir para depois cuspir veneno não é a minha praia. Não me venha falar mal de fulano, mesmo que esse fulano se ache meu inimigo, pois não vai colar. Posso não gostar de uma pessoa e ela não gostar de mim, mas isso não torna essa pessoa um monstro sem qualidades ou sem coração. Todos, mesmo quem não gostamos tem qualidades.

4. Crueldade – pode funcionar muito bem em um livro, mas na vida me parece um grade desperdício de energia vital e tempo. Ser deliberadamente cruel com outro ser vivo. Perder tempo pensando em prejudicar uma pessoa me parece anti natural é como injetar veneno nas próprias veias.

5. Inveja – Ficar ressentido por não ter alguma coisa que outra pessoa tenha. Se alguém tem uma casa ou um carro melhor que o meu é porque lutou por isso. Se fulana casou e eu não, se namorado de siclana é um gato e ela feia … se isto ou aquilo. Acredito em lei de causa e efeito, temos o que plantamos então sentir inveja ao invés de ficar feliz por nossos amigos ou parentes terem grandes conquistas é o mesmo que escrever um atestado de incompetência na própria testa.

6. Preconceito de cor, sexo ou etnia – Ter preferência estética por um biotipo branco, ou pela etnia x é normal. Todos temos nossos padrões de beleza, agora o fato de alguém ser negro ou branco ser usado como juízo de valor é nojento. O verdadeiro homossexual não escolheu ser o que é ter um parceiro do mesmo sexo não invalida o caráter de uma pessoa.

7. arrogância e brutalidade – Seja educado e terás tudo de mim. Seja grosso, bruto, arrogante e automaticamente cria-se uma barreira de má vontade – mesmo eu não querendo.

8. Sensação de incompetência – nem vou falar disso.

9. Fome de algo que não tem.

10. Dor. 

Meus indicados

Oitentinha

Desabafos em rodapé

Super Vaidosa

MANIA GRACIOSA

Samy Glamour

Fome de Leitura

Nique Helmer

Devaneios de uma pessoa cítrica

Falk Art e Decoração

Virou Tendência: Blog de Moda e Beleza

Anúncios

2 pensamentos sobre “TAG: Amo&Odeio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s