Enquanto procurava algo para ler entrei no site http://www.soliteratura.com.br e achei uma ciosa bem interessante.

Pessoas que leem são mais legais

Segundo o tal site

Pesquisadores da Universidade de Washington e Lee (EUA) constataram esse efeito com um teste bem simples: colocaram voluntários para ler uma história bem curtinha, fizeram algumas perguntas para identificar o quanto cada um tinha curtido o que leu e aí derrubaram, sem querer querendo, um monte de canetas no chão. O estudo conta que, quanto mais “transportadas” para dentro da história as pessoas tinham sido, maiores eram as chances de levantarem o bumbum da cadeira para ajudar a recolher as canetas.

A explicação é que quando lemos algo que realmente mexe com a gente, criamos empatia pelos personagens da história — e quanto maior essa empatia, mais propenso a gente fica a ser bacana com os outros na vida real. E você aí, anda lendo muito?

 

Fonte: Super Interessante

Diante disso eu tenho algumas perguntinhas.

1. Quando você está lendo um livro realmente interessante e alguém interrompe pedindo um favor. Qual a sua reação?

2. Tudo bem que o texto fala de reações espontâneas e ligadas ao subconsciente, mas indo um pouco além Algum livro já influenciou diretamente você em relação alguma outra pessoa?

—————–

Minhas respostas

1. Normalmente não me importo em ser interrompida uma ou duas vezes, mas hora que meu nome parece doce na boca dos outros eu fico muiiiiito P da vida.

2. Eu sempre sou influenciada pelo que leio. Primeiro, apesar de ler qualquer coisa – até bula de remédio para espantar o tédio – eu prefiro leituras que me acrescentem algo de bom e que me façam refletir. Para mim a literatura reflecte direta ou alegoricamente a defeitos e qualidades reais que encontramos na nossa sociedade e nas pessoas a nossa volta. Estou sempre pensando nisso quando analiso um personagem.

Anúncios