Estou falando sempre em solidariedade, bem, existe um ato simples que podemos fazer e que pode salvar vidas Estou falando de doar sangue.

O ato de doar sangue, além de solidário e social, faz bem ao sistema cardiovascular. Segundo o estudo da Clínica Universitária de Innsbruck, na Áustria à Sociedade dos Médicos de Viena, o metabolismo do elemento ferro no sangue explica a teoria de benefício cardiovascular.

É bastante simples, não custa nada e é resguardado por lei. Quem doa sangue tem direito a um atestado de 24 horas.

A doação de sangue faz com que o organismo produza mais células jovens para repor as células que foram doadas e com isso diminui as reservas de ferro e a oxidação dos lipídios, que faz parte da doença aterosclerótica e consequentemente reduz o risco de entupimento das artérias do coração e do cérebro”, pontua. – TRADUZINDO – Quem doa sangue tem menos chance de sofrer arteriosclerose

A pesquisa da Clínica Universitária de Innsbruck foi realizada com mais de mil homens e mulheres entre 40 e 79 anos, e revelou a existência de uma relação entre as altas reservas de ferro no sangue e as primeiras etapas da arteriosclerose, já que este metal acelera a oxidação dos lipídios (gorduras).

A oportunidade de uma avaliação do risco cardiovascular de um indivíduo que doa sangue também é apontada em pesquisas como fator de importância na descoberta de doenças cardiovasculares. O sangue doado passa por vários testes antes de ser utilizado. Entre os testes realizados estão: SIDA (Síndrome da Imonudeficiciência Adquirida), Sífilis, Hepatite B, Hepatite C e Doença de Chagas. Outros testes também são efetuados para saber o tipo sanguíneo, e certas anormalidades dos glóbulos vermelhos e de algumas proteínas do sangue.

Sem falar que a doação de sangue trás uma imensa sensação de leveza e bem estar (experiência pessoal) e melhora o humor nos dias subsequentes.

fonte:http://www.portalodia.com/noticias/piaui/doacao-de-sangue-pode-gerar-beneficios-ao-sistema-cardiovascular-187594.html

Anúncios