Tem coisas que nunca vou entender, uma delas é o prazer em fazer mal aos outros.

Tem pessoas cuja presença possui uma energia tão pesada e rançosa que bastam poucas palavras para nos fazer mal.

Gostaria de dizer que sinto pena destas pessoas, mas não sou tão evoluída assim, por tanto meu desejo é que toda essa energia negativa que derramam sobre nós retorne para elas, uma vez que esta energia não nos pertence e não somos obrigados a receber essa energia, muito menos nos afogar nela.

Não somos obrigados a aceitar ou engolir o que nos faz mal – mas isso não significa que podemos perder a compostura ou a boa educação. Basta não abaixar a cabeça e se tiver que trovejar sobre nós que troveje. Enquanto não nos rebaixemos a agir com a mesma malevolência, nem nos entregarmos a humilhação tudo bem.

 

Anúncios