Um fato para compartilhar 

O Brasil reproduz acriticamente muitas das medidas aplicadas nos Estados Unidos como que repetindo a fórmula o que é bom para os EUA é bom para o Brasil. Diversas unidades e municípios da nossa Federação estão gerindo os seus sistemas educacionais com forte centralização, hierarquização rígida e vertical, e responsabilização das direções e professores pelos avanços e retrocessos porventura existentes. Aqui, as famílias também estão sendo levadas a escolher as escolas para os seus filhos pautadas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB. Também aqui raramente as comunidades educacionais são envolvidas em discussões sobre a aplicação de recursos, organização curricular, carga horária etc. Como lá, estamos longe de uma ampla discussão pública para criação de um projeto nacional de educação.

O fato é que a comunidade não é chamada a participar das grandes mudanças a que submete-se a educação é o professor -no Brasil -não passa de um escravo a quem não é permitido grande desenvolvimento após a graduação. Assim os melhores pouco a pouco abandonam a sala de aula em busca de novos horizontes propiciados por mestrados e doutorados e em sua maioria permanecem aqueles, que por diversos motivos, veem se sem outras perspectivas. Isso se reflete na qualidade motivacional das aulas. Um profissional massacrado e sem perspectivas de respeito, crescimento ou reconhecimento nunca será capaz de dar o melhor de si. Ele é como o escravo no tronco que diz o que seu feitor quer ouvir a fim de não morrer sob o chicote. Seu trabalho é mecânico desprovido da criatividade e eficiência do homem livre que se vê recompensado ou fim de cada empreitada bem sucedida. O escravo trabalha pela manutenção de sua sobrevivência, se alegria ou prazer no trabalho em si é assim tem sido o professor. Quem quer uma vida assim tendo outras opções menos opressoras ?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s