coisas que acho legais

Rio doce -mar de lama 

Esta tragedia aconteceu em pleno momento de crise política. Em um momento crucial no qual o cidadão precisa decidir se vai se acomodar dia dos desmandos – dos partidos políticos que nada mais são que marinetes de grandes empresas e do capital especulativo – ou se vai iniciar uma mudança de mentalidade jogando fora o “jeitinho brasileiro de burlar os problemas ao invés de resolve los. 

    
   O mar de lama despejado no Rio doce envenenando e matando tudo em seu curso é a perfeita materialização das nossas políticas com senado, governadoria e ministérios inflados, com mais gente e privilégios que o cidadão é capaz de sustentar. 
O modo como somos explorados pelos nossos partidos de situação é falsa oposição é um novo tipo de escravidão que nos aliena a ponto de permitir que empresas matem rios, cidades, envenenem o mar e saiam impunes.

As mortes cansadas pela lama da barragem de Mariana são mortes cansadas por nossa alienação econômica e política. Por nossa preguiça de acompanhar o que fazem os ploticos que elegemos, nossa incapacidade de fiscalizar os projetos votados em especial os ligados às grandes empresas. 

Ser acomodados é fácil e simples. A tv protesta por nós e por isso podemos ver a novela em paz, a internet protesta por nós por isso postamos fotos e imagens indignadas e para ter a ilusão de que somos pro ativos vamos às ruas bater panela, mas voltamos para casa a tempo da novela e do jornal nacional. Fazemos questão de tirar milhares de selfs para dizer que estivemos lá – mas não mudamos em nada nossa rotina diária. 

Continuamos votando em qualquer um, ignorando associações de bairro, desconhecemos o funcionamento das assembleias, temos preguiça de ir a reuniões de pais e alunos e nem mesmo conhecemos o projeto político pedagógico das escolas de nossos filhos.

A lama que escorre assassinando o rio doce vai ficar por isso mesmo se continuarmos a agir com esta suprema preguiça de pensar por nós mesmos. 

Uma tragedia deste tamanho não pode ser solucionada por uma multa. É preciso um amplo projeto de despoluição, realocar famílias, lidar com as perdas – dinheiro não vai trazer os mortos de volta, mas garante a continuidade da vida. 

É preciso pensar que um rio morto por um mar de lama não é uma, mas diversas comunidades destruídas em plena crise da água. Temos água fácil nos nossos lares que não somos capazes de dimencionar o que é de fato uma crise da água. Somos burros a ponto de olhar para o outro lado mesmo quando o problema bate à nossa porta.

Esse mar de lama não afeta só Mariana ou o Rio Doce, mas todos os nossos ecossistemas e as consequências de Mariana serão sentidos na qualidade dos alimentos e nas doenças oriundas de contaminação, mesmo em regiões distantes porque a água contaminada chega aos rios subterrâneos, evapora e junta-se aos regimes de chuva, contamina animais marinhos….

Então mesmo que não estejamos diretamente ligados ao mar de lama nós somos sim afetados e envenenados. Somos cidadãos e temos o dever de não fechar os olhos e exigir atidudes práticas.

Existe no mundo projetos eficazes de despoluicao e descontaminaçao como a limpeza do Rio Sena que já foi um dos mais poluídos da Europa. Hora de trazer estas iniciativas -sem falácia, favorecimentos ou desvios de verba. Porque se fizermos como fazemos com todas as nossas obras públicas – ineficazes e superfaturadas vamos apenas piorar o problema. 

Quanto aos idiotas que ficam fazendo competição sobre qual tragedia é maior França x Rio doce só tenho a dizer que a vida humana tem o mesmo valor aqui, na França ou entre os inocentes pegos no fogo cruzado da ganância e da intolerância. Nossos políticos são tão cruéis quanto os terroristas do Isis. Só usam armas diferentes para oprimir. Nós temos tanto direto a vida e a qualidade de vida quanto os franceses vítimas das bombas ou dos cidadãos inocentes pegos nos bombardeios. Não há uma tragedia maior ou pior que a outra sendo que todas são em última instância provocavas pela ganância de alguns e pioradas pela intolerância. 

Ao invés de fazer posts idiotas comparando tragedias doe água, doe alimentos, seja menos preguiçoso e fiscalize para onde vai o dinheiro do imposto que você paga indo a associação do seu bairro, participando da vida escolar do seu filho, fiscalizado a assembleia para que não proponham coisas idiotas como a lei da pizza ou a proibição do sutiã com bojo. Aqueles animais estão lá para propor leis pertinentes e não para brincar às custas do nosso dinheiro. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s