Apesar das falhas e das pesadas críticas a prefeitura de Goiânia tem investido nas ciclovias e ciclofaixas a fim de mudar a mentalidade do Goiano nativo que parece pensar que a cidade pertence aos carros e não chega a usufruir verdadeiramente a cidade.

Não sou engenheira de trafego, então não sei até que ponto as mudanças e o traçado das ciclovias está realmente bom ou bem feito, mas posso dizer que fico feliz em haver um espaço para as bicicletas.

Me lembro bem de 4 anos atrás, eu trabalhava a poucas quadras de casa e ia de bicicleta, por achar um desperdício de gasolina tirar o carro por tão pouco, e havia dias que eu realmente passava medo com relação aos carros.

Embora a via fosse larga suficiente para respeitarem o cantinho da bicicleta muitas vezes era forçada a subir na calçada. O motorista em geral não tem apreço pelo ciclista, disputa espaço com ele mesmo quanto há espaço de sobra como se combatesse um terrível inimigo.

Fico feliz que a situação esteja mudando. Que haja pessoas dispostas a mudar esta mentalidade, vivemos em um trânsito tão engarrafado, poluído e tenso que trocar o carro pela bicicleta durante a semana para deslocamentos relativamente curtos é uma boa solução para humanizar o trafego.

Há ainda outro benefício, a saúde agradece. Andar de bicicleta, mesmo que seja só por lazer, nos fins de semana, tonifica as pernas, trabalha o coração e “acorda o nosso corpo” que na maior parte do tempo fica preso em uma rotina sedentária. Combate o estresse, porque o exercício libera dopanina, permite que vejamos a cidade fora dos vidros do carro…

 

Fonte: Goiânia realiza primeiro Bike Day neste domingo

Anúncios