O natal veio e se foi

Este ano o natal veio e o blog não teve post inspirados, não falei de decoração natalina… mas não é como se eu não me importasse, eu gosto do natal, mas este ano não senti aquele impulso natalino. Acho que no geral este não foi um ano festivo, as contas aumentando, juros capazes de nos comer um rim nas faturas de cartão de credito etc…

Normalmente esta época do ano é divida entre futilidades e solidariedade. As pequenas futilidades como decorações e presentes, muitas vezes servem como formas de abrir um pouco nossos corações endurecidos pelo dia a dia, mas as vezes a mídia em torno do natal passa do ponto que nos comove e começa a nos massacrar.

Para mim os tais presentes sempre foram o de menos, o natal devia ser uma data para agregar as pessoas, para promover que os membros de uma mesma família celebrem não os laços de sangue, mas os laços de amizade. No entanto a cada ano que passa a família fica mais dividida em pequenos núcleos que não querem se dar ao trabalho de ser reunirem. As grandes festas familiares que reuniam tios e primos de mais de uma geração estão desaparecendo.

Entendo que o tempo passa, que as vidas das pessoas mudam, os jovens crescem, amadurecem, mas alguns rituais nos lembram de onde viemos e que não estamos isolados no mundo. Para mim este é o verdadeiro sentido da ceia de natal. Agregar aqueles que temos tanta dificuldade em ver ao longo do ano, reforçar laços, encurtar distancias físicas e afetivas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s