moda, saúde e beleza

Projeto Rapunzel III – falando dos contos do vigários sobre crescimento

 

download
imagem da internet

“Olha nóis aqui traveis!”

Tenho pesquisado bastante sobre os projetos Rapunzel na internet. O que eu mais observo? As pessoas começam super empolgadas, mas não levam a diante. Por que será? Porque de fato não existe formula mágica que faça o cabelo crescer 7 a 10 cm por mês. Então quem cai nesse conto do vigário logo se decepciona e desiste. Se rendendo de vez ao curto ou deixando que a natureza siga seu curso. 

“Mas eu vi o vídeo de fulana que usou o shampoo bomba de monovin….”

Eu também vi um monte desses vídeos e tenho amigas que usaram. No primeiro mês para a maioria foi aquela empolgação porque para algumas pessoas tem sim um surto de crescimento de 1,5 cm a quase 3 cm. Que aliás é o máximo do máximo que já vi um cabelo crescer. O problema é que logo depois o couro cabeludo fica oleoso ao extremo e/ou cabelo fica meio frito nas pontas, com quebra porque excesso de vitamina A assim como excesso de queratina deixa o cabelo duro e quebradiço. Outro problema é que o que foi feito para cavalo, vaca, cachorro não serve para gente. A pele deles, o pelo deles e o metabolismo são diferentes do nosso. Assim como shampoo de gente é ruim para eles os produtos deles não são adequados para nós. 

Faz algum tempo eu pensei sim em experimentar, uma amiga querida tinha usado e o cabelo dela ficou lindo por um tempo, mas como logo ela teve que cortar quase 4 dedos não foi um bom negócio. Por isso pesquisei bastante e mudei de ideia. Não estou procurando uma formula mágica. 

A bem pouco tempo me indicaram alguns grupos de facebook que são bem interessantes para quem entrou nessa saga de recuperar o comprimento perdido. São eles:

low/no poo (lisas e onduladas) Neste grupo os membros se ajudam quanto a escolha de produtos e duvidas sobre as técnicas para cuidar da juba sem o uso de sulfatos fortes, parafina e silicones insolúveis. 191491_DetalhesPara quem é cacheada como eu e está em transição o grupo ajuda porque aprendemos mais sobre a textura do nosso cabelo isso diminui a ansiedade quanto a diferença entre o esticado e o cachinho na raiz. aprendemos que o cabelo bonito não depende de toneladas de cremes para pentear. Que tem como ter um cabelo definido sem gastar toneladas de dinheiro. Que o cabelo cacheado, crespo, ondulado, não precisa ser tratado como bandido (ou preso ou armado).  No que diz respeito ao crescimento, tanto o low quanto o no poo proporcionam maior saúde aos fios, e como a ocorrência de pontas duplas pode chegar download (1)a 0 nota-se mais facilmente o crescimento.  Hoje meu cabelo, mesmo onde ainda tem progressiva – e esteve elástico – não tem pontas duplas nem apresenta quebra. Detalhe não aderi a técnica de uma vez. Primeiro eu comecei usado o shampoo que ainda tinha (da aussie) diluído com 1/4 de água, e só uma vez na semana enquanto e passei a usar condicionador de co wash durante a semana (bioextratus) e na sequências o 201488_80313_supermercados_zona_sul000009432. Só nisso já senti uma diferença mostra na qualidade da minha juba. Agora que o shampoo diluído acabou estou usando o lima da Pérsia da phytoervas – não era a minha primeira opção, mas foi o que achei perto de casa. Mesmo sendo um shampoo sem sulfatos achei ele super, mega forte. Anti resíduos mesmo, então diluí e reservei para os sábados que é quando faço a reconstrução no meu cronograma capilar.  

O engraçado é que eu tinha a falsa ideia de que Phytoervas não dava certo no meu cabelo, a verdade é que como a linha sempre teve uma proposta natural ele não maquiava os danos e por isso parecia que sempre que tentava usar algo da linha eu achava que o cabelo ficava ressecado. Hoje, com o cabelo de fato mais sadio penso o dinheiro e o tempo que perdi com produtos caros e cheios de parafina que camuflavam a porosidade do meu cabelo ao invés de tratá-lo ou reconstruí-lo.

cacheadas em transição: Ótimo para quem passou a vida inteira discriminando o próprio cabelo. Ajuda a entender a fazer a manutenção dos cachos, apreciar o fato de que SIM TEMOS VOLUME E FRIZ – Compartilha-se técnicas para manter a definição dos cachos, como lidar com o crespo sem sofrimento, e como controlar o friz do day after. Ajuda com o stress de ter um cabelo meio a meio – meio natural e meio esticado.

projeto Rapunzel (dicas e discussões): Gosto muito desse grupo. Nele encontramos gente que está perseverando na luta por madeixas longas e saudáveis. Uma das coisas que gostei é que não tem muito IMG_1951espaço para histórias fantasiosas do tipo “Meu cabelo cresceu 8 cm em um mês” As participantes compartilham experiências e vemos que o que funciona para uma nem sempre funciona para outra. Vemos que somos muitas no mesmo barco – gente que cortou curto e arrependeu, teve corte químico ou apenas sente que o cabelo não ganha comprimento em um tempo dito normal. 

IMG_1949
foto de 28/01/2016 lembrando que sem escova nem chapinha o cabelo cacheado encolhe
Caras leitoras, será que deu diferença no comprimento de dezembro para janeiro?
Caras leitoras, será que deu diferença no comprimento de dezembro para janeiro?

Produtos indicados que funcionam, mas que não fazem milagre. (usei e gostei) 

tônico de alho gota dourada 

tônico de Jaborandi 

tônico de Alumã

Umectação com óleos naturais

Massagens no couro cabeludo antes de dormir 

N a foto não dá para ver direito, mas a parte de baixo está fazendo uns cachinhos lindos, saudáveis e brilhantes, e o melhor, sem progressiva.

 

 

 

Produtos que penso em experimentar, mas nunca compro 

Linha shampoo e condicionador cresce pelo – 

kit Chantik

produtos Inoar 

 

Anúncios

4 comentários em “Projeto Rapunzel III – falando dos contos do vigários sobre crescimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s