Bom dia, cá estou eu novamente fazendo experiencias com a juba leonina.

Como diz minha cunhada – eu não sossego. kkkk

Mas o que eu fiz agora???? Não estava feliz com o ruivo?

Eu estava/estou muito feliz com o ruivo fruto da henna, mas acontece que eu uso/usava a henna vermelha em pó da Surya – porque até pouco tempo era fácil de encontrar em qualquer loja de cosméticos de Goiânia-Go. Mas, faz uns 3 meses e quase quatro dedos de raiz virgem que não acho minha lindinha para comprar. Acho outras tonalidades – louro, louro champanhe – que são hennas compostas. O que isso quer dizer? Tem aditivos Químicos? NÃO – São hennas com menor concentração do pigmento cobre e com outros pigmentos naturais como o índigo.

Como não achava a minha de sempre e meu cabelo natural é louro escuro, então optei por testar a henna louro champanhe ( em pó sempre)  - Mas, como nem tudo são flores o comprimento, da minha vasta e encaracolada juba, estava saturado do pigmento vermelho então esta outra mais clara nem ia aparecer. O que fazer então ? Pesquisei por alguns dias e vi no grupo de henna- amor que não desbota um tal de Soap em que as "meninas" misturam ox de 20, 30 ou 40 volumes com pó descolorante para "limpar o cabelo" do pigmento.

Eu já tive corte químico e cabelo emborrachado no ano passado – quem acompanha o blog lembra do meu desespero – acabei cortando curtinho para sair das químicas e fica só com a henna que é natural.

Bem, eu não ia arriscar estragar o cabelo com uma ox de 40, nem com pó descolorante demais. O que fiz? Pesquisei entre as marcas um menos agressivo – achei o Yamá camomila que é indicado para cabelos muito finos ou enfraquecidos por químicas.

Em todas as receitas de Soap que eu vi era 50 g de pó descolorante para 1 ox de 20, ou 30 ou 40 e a mesma quantidade de shampoo.

Como meu cabelo estava mega saudável pela primeira vez em anos, eu não queria arriscar isso sendo mais imprudente que o normal, e eu também não queria clarear demais, nem remover 100% do pigmento, só atenuar. Por isso acabei fazendo minha própria receita – comprei o pacote menor de pó descolorante, o de 20 gramas e ox de 10 e misturei com a mesma quantidade shampoo, apliquei no cabelo com um pincel de tintura e deixei 15 minutos. Lavei normalmente e hidratei com Eu sei o que você fez na química passada – da Lola – Clareou sem estragar nada nada. Eu amei a textura de meu cabelo. Repeti a aplicação na semana seguinte. Resultado – o comprimento ficou como eu queria, mas acabei passando na raiz que ficou entre o laranja radioativo e o açafrão atômico.

Apliquei a henna em pó louro champanhe nesta base bicolor kkkkk e deixei por 6 horas. img_06571

O resultado é só amor. A cor no comprimento ficou mais parecida com a primeira vez que apliquei henna, a raiz ainda está mais clara, mas não está radioativa, e com o tempo acredito que a deposição de pigmento nos próximos retoques deva dar uma atenuada ainda maior nesta parte mais clara – não pretendo voltar a clarear o cabelo com soap, estou ciente de que a raiz vai ficar um pouco mais escura que o estante, mas creio que não será uma diferença muito gritante.  Assim que crescer o suficiente para retocar o louro champanhe eu posto aqui o resultado para comparar.

 

Meu cabelo continua super saudável, macio, cacheado ferozmente kkk. Concelho a que for tentar fazer a limpeza de henna ou tintura a usar a ox de 10 e escolher um pó descolorante menos agressivo como o yamá camomila, e claro – sempre fazer o teste de mecha antes de partir para o cabelo todo, nunca exagerar o tempo. Embora uns cabelos sejam mais resistentes que outros, melhor fazer várias vezes sem estragar o cabelo que emborrachar e fritar por ficar 40 min com química na cabeça. Eu não arriscaria ficar mais que os 15 minutos com a mistura na cabeça. Afinal não sou cabeleireira, não tenho experiência com descoloração, por isso tentei fazer do modo menos agressivo.

Leita também

Henna – por que me apaixonei?

Um belo dia resolvi mudar E fazer tudo o que eu queria fazer

Anúncios