Faz tempo que não venho aqui falar das minhas amadas e encaracoladas madeixas. Pois é. Desde que comecei o projeto Rapunzel os posts vieram raleado enquanto o cabelo cresce.

Isso ocorre porque cabelo cacheado por melhor que seja para crescer, demora um pouco mesmo, em especial por conta do fator encolhimento promovido por nossas molinhas. Meu cabelo está enorme, mas não dá para fazer foto toda semana porque esse crescimento não aparece mais de forma tão evidente quando no começo. O cabelo cresce 3 quatro dedos para mostrar um no comprimento. Para mostrar o tamanho real tem que escovar a juba e honestamente, ando tão apaixonada pelos cachinhos que dá uma preguiça danada de escovar, sem falar que toda vez que pego o secador sindo que o cabelo resseca, em especial nas pontas e estou amando tem um cabelo mega sadio, sem uma unica pontinha dupla.

Assim sendo, estou esperando o comprimento certo para fazer um novo post do projeto Rapunzel. Enquanto isso venho falar de um novo amor na minha vida capilar. A escova stick-me. Ela é uma variação de uma outra escova da ricca que eu já trouxe aqui no blog.

d7e1064067d83701fc3763c9bc7ddd11

 

Eu adoro essa lindonda que uso desde o ano passado. Ela é maravilhosa na hora do banho, desembaraça suavemente os fios, e para quem tem cachos ela é ótima para preparar a juba para receber o shampoo, massagear o couro cabeludo, ajudar a retirar os resíduos de hennaem pó do cabelo… Mas este mês viajando pelo Tocantins, eu levei a minha escova (salva vidas até em banho de rio kkk) e na correria da viagem de volta acabei esquecendo a bendita no banheiro da casa do meu irmão caçula.

Pensei, NÃO DÁ PARA VIVER SEM, TENHO QUE COMPRAR OUTRA URGENTE,  aí começou minha saga. No raio de vários bairros, eu não achava. Fui em pelo menos 12 farmácias e nada de achar a Escova Belliz Ricca Flex Hair. Nessa hora bate a tristeza de ter que voltar para o velho pente. – Gente, pente é legal para quem tem cabelo liso. Ou para ajudar a modelar a juba já desembaraçada. Passei o fim de semana desembaraçando os cabelos com os dedos.

Na segunda feira fui em uma loja de cosméticos perto do meu trabalho, finalmente achei

Escova-Ricca-Stick-Me-10990.00

minha querida, e do lado dela uma outra escovinha fofa  simpática. A diferença de preço era de mais ou menos um real, e como o formado das cerdas/dentinhos, era bem parecido e do mesmo material pensei "POR QUE NÃO ?" E levei para casa a Escova Ricca Stick Me!

Além do visual muito bonitinho essa escova fofa tem um cabo anatômico que facilita na hora de segurar.

Quando estava com o cabelo curto a Bellizera perfeita, mas a media que a juba foi crescendo foi ficando mais frequente ela deslizar da mão, cair… nada que fosse um verdadeira incomodo, a vantagem da Stick Me é que faz exatamente a mesma coisa da Belliz, mas tem esse cabo anatômico que é ótimo de segurar e facilita quando chego do meio do cabelo para baixo. É meu novo amor capilar. kkkk

Dicas de uso que valem para as duas escovas

  • 1º – Desembaraçar os cabelos molhados – perfeita para lisos  cacheados até o tipo 3 c ( o meu caso, não sei se seria tão boa para o tipo 4 se alguma cacheada/crespa poderosa usou conte para nós).
  • 2º Depois de massagear o couro cabeludo com o shampoo, ao invés de esfregar o comprimento abrindo as escamas dos fios o – que acaba fragilizando o cabelo e criando pontas duplas – apenas penteie com esta escova para espuma descer pelo comprimento. Limpa tão bem quanto esfregar e sem estragar, friccionar ou tencionar demais. Sem falar que deixa os fios prontos para o enxague e para o condicionador.
  • Ajudar a espalhar mascara ou condicionador. – Todas nós sabemos que mascara e /ou condicionador o certo é passar mecha a mecha, mas no chuveiro nunca é garantido que aplicamos o produto por igual então dar uma penteada para garantir é sempre uma boa.
  • Umectação – sou uma das apaixonadas em óleos vegetais – nada de óleos de farmácia com silicone e parafina porque entope os poros, pode causar seborreia e caspa, já o óleo vegetal de verdade (aquele que pode ser ingerido) é só amor. Óleo de coco, e rícino nutrem o couro cabeludo, são fungicidas e bactericidas, fortalecem o comprimento do fio, mas não são tão bons assim de espalhar. Então temos uma série de truques para aplicar puxando para comprimento do fio. Eu particularmente gosto de misturar qualquer um dos dois com óleo de semente de uva ou óleo de amêndoas (de lojas de produtos naturais, NUNCA, JAMAIS O DE FARMÁCIA OU LOJA DE COSMÉTICOS) e depois de massagear o meu courinho querido puxar com a escova para o comprimento. (sempre devagar e com paciência, movimentos suaves, sem forçar o cabelo)
Anúncios