Podemos dizer que existe vaidade e Vaidade. A primeira está ligada ao amor próprio e ao domínio do próprio corpo, a segunda diz respeito a dar mais valor aos padrões estéticos estereotipado que assassinam o amor próprio é nos torna bonecas moldadas para o prazer e deite alheio.
Quando estou na frente do espelho não estou em guerra com a imagem que vejo. Eu me amo, mas como toda mulher enfrento o fato de que não estou ficando mais jovem. Não existe como parar o tempo, mas há muitas maneiras de viver bem a passagem dele.
Para mim me cuidar é exercer a autonomia sobre mim, é exercer um picou do prazer de amar a mim mesma.
Gosto de buscar cuidados alternativos e naturais. Na minha adolescência não tive problemas de cravos ou espinhas, mas hoje eu tento em especial no queixo e nariz. Tentei diversas máscaras anti cravos e nada resolvia – usei máscaras da Avon, cicatricure e outras. Elas até removiam alguma coisinha, mas onde estavam os mais profundos elas nem faziam cócegas 🤗. Os pontos pretos continuavam firmes e fortes. Claro que já tinha ouvido falar da máscara de gelatina, mas nunca dei muita atenção até que uma colega de trabalho constou que fez e que doeu horrores para tirar.
Aí fiquei curiosa e fui procurar alguns vídeos. Gente, é uma choradeira só. 90% das mulheres diziam que arrancava até a alma na hora de puxar. Mas no quesito cravos as opiniões se dividiam.
Resolvi testar.
Não sou masoquista, mas algo que puxa tanto deve atracar algo. Fiz a bendita.
Receita –
1 colher de gelatina sem sabor
4 de água – vi receitas vi menos mas fica muito forte 💪 e acredite com 4 colheres 🥄 já dói como o inferno a 1 vez.
Aqueci a água no microondas 1 minuto – misturei bem até virar uma pastinha e apliquei ainda morna. Na imagem está vermelha porque nesta minha segunda vez não achei aqui perto de casa a sem sabor normal, comprei a royals sem sabor vermelha. Na verdade é a mesma coisa da sem sabor transparente só wit com corante alimentar. Não interfere na eficácia e mostra melhor os cravos.
Porque essa máscara dói pra cacete? Porque além de remover os cravos ela também depila o rosto. Você não leu errado, ela remove is pelos do rosto, aqueles que você nem sabia que tinha. Dói como depilar o buço com cera. Então já fica avisado não é uma máscara para pele sensível, nem para quem tem tendência a foliculite.
Hoje fez 15 dias que fiz a 1 vez, então achei que já estava na hora de repetir. A imagem não é das mais bonitas, mas da para ver bem os cravos – essa coisa branca que parece um alien 👽, bem como os pelinhos faciais.
Dica- quando for remover não puxa devagar, puxa sempre de uma vez que dói menos e arranca mais fácil tanto pelos quanto os cravos.
Nunca uma máscara tinha removido de forma tão eficaz os pontos pretos do meu nariz.
Gostei muito da textura da minha pele logo depois. Apesar de vermelha ficou lisinha e muito macia.
Na sequência para tirar os resíduos finais da máscara lavo bem o rosto
Amo esse sabonete líquido, ele é esfoliante e por isso é preciso ter cuidado, aplicar de forma bem suave em movimentos circulares. Nunca jamais por força nem esfregar como se lixasse a pele. Especialmente porque estará vermelha e sensível. Quando enxáguo com água fria vejo os cravos que não saíram na máscara pularem para fora.
Os cravos saltam também durante a aplicação do creme noturno Amo esse creme. Tem uma textura meio gelatinosa e acalma bem a pele noite.
Nos dias seguintes vocês não tem ideia de como a pele fica boa para fazer maquiagem. O bb cream cobre muito melhor. Tanto por conta da textura da pele quanto por a máscara ter removido a maior parte dos pelos faciais.

Minha teoria é que a gelatina morna abre os poros e a água fria fecha os poros e ao fechar expulsa o que resta dos cravos.

Anúncios