Fé e literatura

Para os que me conhecem sou espírita, na minha infância e juventude dizia confiante sou espirita Kardecista como se isso me elevasse a cima das demais correntes espiritualistas.  O tempo, a necessidade e a curiosidade me levaram a conhecer outras … Continuar lendo

Albert Paul Dahoui A Saga dos Capelinos – Volume 01 – A Queda dos Anjos

Gostaria de ter mais tempo para dedicar as minhas leituras. Há dezenas de livros que eu gostaria de ler. Esta semana comecei a ler uma saga interessante. Embora os últimos meses eu tenha lido mais coisas no estilo infanto-juvenil hoje … Continuar lendo

Albert Paul Dahoui A Saga dos Capelinos – Volume 01 – A Queda dos Anjos parte II

Bom dia! Depois de alguns contratempos – pensei que a reforma da casa estaria no fim e que eu voltaria para o meu Lar doce lar no sábado – tive um ótimo fim de semana. Estive com amigos queridos, vi … Continuar lendo

A Saga dos Capelinos – Volume II – A Era dos Deuses – parte 01

Minha geração cresceu com histórias maravilhosas de mitologias variadas e deuses e heróis que se multiplicaram em Hqs, filmes, seriados e desenhos animados. Muitos escritores beberam nas fontes mitológicas criando sagas com legiões de Adeptos. Os maiores adoradores de Tolkien … Continuar lendo

A Saga dos Capelinos – Volume II – A Era dos Deuses – parte 02

Bom diaaa! Sei que demorei a voltar a escrever sobre a Saga dos Capelinos e ainda estou devendo uma resenha sobre o “O livro dos Mortos” não a fiz porque ao desencaixotar meus livros descobri que meu exemplar estava mofado – … Continuar lendo

A S A G A D O S C A P E L I N O S VOLUME III O PRIMEIRO FARAÓ – parte I ALBERT PAUL DAHOUI

Bom dia queridos amigos. Uma abençoada segunda feira para todos nós. Para constar quanto mais eu leio a saga dos Capelinos mais me apaixono pela narrativa. Para quem está entrando no blog pela primeira vez a saga dos Capelinos é … Continuar lendo

Gênesis”Bernard Beckett”

Bom dia! Ontem a noite li um livro pequenininho que achei no site “Le Livros” Chama-se “Gênesis” do autor Bernard Beckett. Em formato Epub para ser lido no programa Aldico não deu mais que 99 paginas. O interessante deste livro … Continuar lendo

A S A G A D O S C A P E L I N O S VOLUME III O PRIMEIRO FARAÓ – parte I ALBERT PAUL DAHOUI

Bom dia queridos amigos. Uma abençoada segunda feira para todos nós. Para constar quanto mais eu leio a saga dos Capelinos mais me apaixono pela narrativa. Para quem está entrando no blog pela primeira vez a saga dos Capelinos é … Continuar lendo

Book Time: A Maldição do Tigre

Postado originalmente em Sombrinha Azul:
Olá! A resenha de hoje é da série A Maldição do Tigre, da autora Colleen Houck, e publicado aqui no Brasil pela Editora Arqueiro. Minha opinião: Sou bem suspeita pra falar dessa série, me apaixono…

A torre negra – terras devastadas

Aqui estou eu. Ainda obcecada pelos livros de Stephen King. Agora estou lendo o terceiro livro da Série “A torre negra” com certeza tão estranho quanto os outros e com certeza psicologicamente mais denso. Me surpreende que embora haja de … Continuar lendo

Vencido mais um volume de “A TORRE NEGRA” – outra história estranha que nos deixa com a sensação de caminhar na beira de um abismo.

Ontem madrugada a dentro eu e o segundo volume de A TORRE NEGRA tivemos um momento a dois. Continuo sentindo que Stephen King me faz correr em círculos. Agora Roland se divide entre uma praia de lagostas monstros e portas … Continuar lendo

O pistoleiro de Stephen King é um livro diferente do que eu esperava e por isso mesmo intrigante e estranho

Ontem, compulsivamente devorei do começo ao fim “O pistoleiro” primeiro livro da série “A Torre Negra”. Fui obstinadamente dormir às uma e vinte e cinco da manhã me forçando a não começar o segundo livro. Honestamente, não é o tipo … Continuar lendo

Herberto Helder

Um dos mais originais poetas vivos de língua portuguesa Herberto Helder nasceu na Madeira em 1930 e virou costas à ilha para partir à aventura pela Europa. Passou pela Universidade de Coimbra mas desistiu por achar que isso não acrescentava … Continuar lendo

Publicado em Clássicos, letras e linguistica | Deixe um comentário | Editar

O morro dos ventos Uivantes /Wuthering Heights

Para alguns a voz pode até parecer a de um gato estrangulado, mas mesmo assim eu gostei. Meu gosto duvidoso talvez se deva ao fato de ter lido O Morro Dos Ventos Uivantes mais de uma vez e achar esta … Continuar lendo

Publicado em Clássicos, coisas que acho legais | 1 comentário | Edita

Marxismo e Filosofia da Linguagem cap 1 parte 2

Parte 2 Reflexões Transformar o fervilhar de pensamentos em uma idéia linear e compreensível não é uma tarefa fácil. Em especial quando as reflexões giram em torno do signo. Uma palavrinha tão pequena e ao mesmo imensa e profunda como … Continuar lendo

O Cântico das Criaturas (ou Cântico do Irmão Sol)

Altíssimo, onipotente, bom Senhor Teus são o louvor, a glória, a honra E toda a benção. Só a ti, Altíssimo, são devidos; E homem algum é digno De te mencionar Louvado sejas, meu Senhor Com todas as tuas criaturas, Especialmente … Continuar lendo

Na falta de palavras adequadas

Na falta de palavras minhas que expressem os sentimentos que me inundam a alma traiçoeira e oportunista me valho das palavras de Cecília Meireles Pus o meu sonho num navio e o navio em cima do mar; depois abri o … Continuar lendo

Pc Cast

Quando ouvi falar de PC Cast? Acho que uns três anos atras mais ou menos. Como hoje eu estava me sentindo solitária e buscando algo que me arrancasse um pouco da realidade. Apesar de minha formação clássica, tenho uma queda … Continuar lendo

A Bela e a Fera

Adoro contos de fadas. Desde a minha infância um que mais me tocaram a alma e a imaginação foi A Bela e A Fera. Sempre gostei da dualidade dos personagens, a Bela tão doce e gentil, ao mesmo tempo uma … Continuar lendo

Cinqüenta tons de alguma coisa

Não costumo falar de livros que ainda não li, então não falarei do livro “Cinqüenta tons de cinza” falarei do artigo que li esta semana Cinqüenta tons de exagero .Um artigo muito bem escrito que toca em dois temas muito … Continuar lendo

Ler pode ser uma viagem ao desconhecido

A maioria das pessoas diz que não lê porque não tem tempo ou porque não gosta mesmo, mas a verdade é que a leitura pode ser agradável para todos os tipos de pessoas o que falta é cada um descobrir … Continuar lendo

Mesmo na labuta diária minha alma ama e transpira poesia. Um dos meus poetas amados escreveu when in dead night thy fair imperfect shade Thought heavy sleep on sightless eyes doth stay? All days are nights to see, till I … Continuar lendo

Escrever é que é o verdadeiro prazer; ser lido é um prazer superficial.

Isto ser dito em um blog parece absurdo, no entanto esta frase de Virginia Woolf me tocou profundamente. Me fez pensar sobre o ato de escrever. Todos os dias, nós que tivemos acesso a uma alfabetização minimamente descente somos impelidos … Continuar lendo

Quem foi Hilda Hilst?

Quem me conhece sabe que desde sempre um dos meus maiores, talvez meu maior amor seja a poesia. O primeiro poeta de quem me enamorei foi Vinicius de Moraes, eu devia ter meus doze anos quando sua poesia inundou minha … Continuar lendo

Marion Zimmer

Sempre que começo a ler eu literalmente viajo. Saio de mim e mergulho completamente no universo do livro. Semana passada comecei a revistar uma autora que amo desde que li A Filha da Noite. Sim, estou falando de Marion Zimmer. … Continuar lendo

 

Eu e Percy Jackson

De todos os meus defeitos acho que o mais terrível é esse amor pela literatura. Pode parecer meio arrogante e piegas dizer isso, soando como se eu quisesse parecer melhor que os outros, me apresentar de perfeitinha, mas é justo … Continuar lendo

 

Romeu e Julieta

Estar apaixonada é muito bom. A gente redescobre algumas coisas, como por exemplo Romeu e Julieta. Tá. Podem dizer que é batido falar de Romeu e Julieta, que é brega, fora de moda ou simplesmente repetitivo. Não me importo. Isso … Continuar lendo

 

A Moça Tecelã

http://www.caixadoelefante.com.br/index2.php?p=revista_digital&id=25 Amo esse conto, não apenas por ser uma entusiasmada por natureza, mas por ele trazer elementos capazes de tocar profundamente meu espirito infantil e sonhador. Alias, acordado pela magnifica peça de teatro que com seu maravilhoso jogo de luz … Continuar lendo